Água no Joelho

O joelho produz um líquido que lubrifica e nutre a cartilagem. É viscoso como um gel e é chamado de liquido sinovial. Dizemos que há água no joelho quando o líquido está aumentado em quantidade, podendo chegar a 20-30 vezes o volume normal que gira em torno de 4 ml.

Essa produção excessiva decorre de inflamação por lesão de menisco, contusão, artrite reumática etc. Em excesso o líquido fica diluído, com queda na viscosidade e consequentemente perde o poder lubrificante e nutriente.

Tecnicamente chamamos de derrame e sempre que possível devemos esvaziar para alívio e análise laboratorial.

Algumas doenças são diagnosticadas pela análise do líquido. Tratamos com analgésicos, o gelo deve ser aplicado por 20 minutos de 2 em 2 hs e o tratamento definitivo deve ser programado após a confirmação do diagnóstico.

Quando torcemos o joelho e ele incha no dia seguinte geralmente é lesão de menisco e quando incha imediatamente geralmente é lesão de ligamento cruzado e se incha sem causa aparente pode ser reumatismo, infecção etc.